#SobreRelacionamento – O Casamento é Feito Por Duas Pessoas

Oieee!

Como as mulheres se culpam por tudo, não é?! Se culpam por não poder cuidar dos filhos, por não trabalhar e ajudar com as finanças de casa, por não ser boa esposa e até por seu casamento estar desmoronando.



Parece que a mulher tem em sua natureza a mania de se culpar por tudo, e deixar com que os outros a culpem também, será que é porque lá no éden Adão já iniciou a história culpando a mulher, Eva, pela “desgraça” da humanidade? É algo a se pensar!

O que eu mais leio por aí são posts dando dicas 'para mulheres' de como salvarem seu casamento, entendo que a mulher é a que tem que ser a sábia, mas não é justo uma só pessoa levar o fardo de uma família toda em suas costas, para um casamento saudável é necessário dividir o fardo do com alguém, e esse é alguém é seu esposo.

Como mulheres somos mais sensíveis e conseguimos identificar com maior facilidade quando algo não vai bem em nosso relacionamento, mas algumas de nós, ao invés de falar com nosso esposo e tentar ajustar os pontos para que ambos busquem soluções e tomem atitudes de melhoria, acabamos nos martirizando e até pensando que se nada vai bem a culpa é toda nossa.

Hoje vim te contar um segredo, um relacionamento consiste na relação e convivência entre DUAS pessoas, então se algo não vai bem a culpa não é apenas de UMA delas e sim dos DOIS.

É claro que em alguns casos um vai querer jogar a culpa no outro, e se isso acontecer saiba que é o momento certo de parar e refletir sobre o relacionamento de vocês, pois quando só um é responsabilizado pelo casamento essa história pode acabar muito mal.


De modo geral o ideal no casamento é sempre ajustar os pontos, pois com a rotina acabamos desleixando do nosso relacionamento e erramos em achar que depois de casados nada mais pode dar errado. Por isso conversem sempre e muito, jamais guarde a culpa para si, pois o casamento não é feito só por você ou por ele, é feito por vocês dois.


#Sobre aVida – Perda de Tempo



Oieee!

Ando meio sumida do blog, não é mesmo?! Dos vídeos então, nem vou comentar. Tem gente que diz que essas coisas afastam os nossos seguidores e acredito muito que isso é verdade, porém existem momentos da vida e situações que nos fazem perder o controle e até esquecer quais são nossas reais prioridades, e utilizamos nosso tempo (que é tão precioso) com coisas, pessoas e opiniões inuteis.

Eu poderia vir aqui e dizer que trabalhar e estudar está consumindo a minha vida e por isso estou a tempos sem aparecer, em partes eu seria verdadeira, pois realmente trabalhar e estudar é para os fortes, porém essas duas atividades não consomem todo o meu tempo, pois ainda tenho tempo para perder em redes sociais e até assistindo porcarias na TV.

Vocês já pararam para pensar em quanto tempo nós jogamos no lixo? Quando digo isso não falo de momentos de descanso, até porque eu sou uma das adeptas em ficar de pernas para o ar pensando em nada e acho isso ótimo, mas falo dos momentos que chegam a virar tédio, que se tronam passadas rápidas pela ‘time line’ do facebook para passar o tempo.

Nesses dias parei para pensar quanto tempo eu desperdiço da minha vida, enquanto queria fazer tantas outras coisas, como escrever aqui, gravar mais vídeos, fazer um curso de espanhol e até academia, e ao invés de me mexer e fazer algo que agregue em coisas boas para mim e para os outros em minha volta, fico me dando desculpas e dizendo que não tenho tempo.

Estou me refazendo e tentando organizar melhor a minha vida, porque se tem algo que me incomoda é olhar para o dia, para as semanas e até meses e ver o quanto fui improdutiva e o quanto poderia ter feito e não fiz absolutamente nada.

Todo esse texto é só para dizer que estou de volta e estava com saudades. Não perco mais meu tempo longe daquilo que me faz feliz!

"Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo da oportunidade, porque os dias são maus." (Ef. 5.15-16)

#SobreCabelo - Coisas que Só quem veio do Liso para o Cacheado sabe

Oieee!

Como vocês estão?

Bom, como meu vídeo sobre umectação só vai sair na sexta resolvi escrever algo que tenho percebido desde que voltei aos meus cachos.

Quando você vicia na progressiva, existem algumas peculiaridades do cabelo cacheado que esquecemos e é justamente sobre elas que vim falar hoje.

Uma delas é o quanto cabelo cacheado esquenta a cabeça, isso só acontece comigo? Saio de casa fresquinha, quando penteio ele haha, com ele molhado, mas é só ele secar que eu começo a morrer de calor, ele esquenta demais e muitas vezes eu termino o dia com ele preso, por não aguentar de calor.

Também lembrei o quanto as pessoas tem TOC com cabelos cacheados, elas precisam tocar nele, fazer puxa - estica - solta - enrola, e acham que nosso cabelo é patrimônio publico, pois todos podem pegar.

(imagem do google)


Para o post não ficar longo vou para a ultima, que é o quanto temos de gastos para tratar de toda essa cabeleira, existem pessoas que acham que nós apenas lavamos com shampoo e condicionador e saímos, e por milagre da natureza eles ficam lindos e sedosos. Sabem de nada inocentes, mal sabem o quanto de creme, mascara, óleos, hidratantes e alimentos gastamos para hidrata-los. E eu havia me esquecido disso também!

Apesar de tudo confesso que eu a cada dia amo mais meus cachos, e não me arrependo em nenhum minuto de ter esperado tanto para te-los de volta.

E vocês, notaram diferença ao voltarem para o cacheado?

Um beijo!

#SobreLook - Chapéu em Cabelo Cacheado



Oieee!

Como vocês passaram o final de semana? Espero que estejam bem. Eu trabalhei muito, nem consegui dar muita atenção para o meu mozi, mas com certeza todo esses esforço será recompensador.

Hoje vim mostrar a possibilidade de usarmos um acessório que deixa qualquer look simples, um charme. Eu particularmente sempre admirei as gringas que usam qualquer look com chapéu, porém nunca tentei usar por achar que não combinava com o clima brasileiro, mas, de um tempo para cá tenho quebrado alguns tabus, e um deles é de que não posso usar chapéu por morar em um país tropical e ser cacheada.





Nossos cachos são lindos e se adequam bem a qualquer penteado e acessório, desta vez optei por usar um chapéu com a aba mais larga e os cabelos soltos, mas dá para usar de outras formas, vou comprar outros chapéus e fazer outros penteados para vocês.







Além de lindo o chapéu é muito democrático e pode ser usado em quase todas as estações, eu usei com um look bem verão, mas também fica bom nas outras estações, só não acho que dê para usar quando venta muito e na chuva.



E vocês meninas curtem chapéu? Acham que fica legal para quem tem cachos? u amei, de verdade.

Um  beijo!

#Devocional - Desisto do Meu marido!

Na bíblia temos diversos exemplos de casamentos difíceis, e eu acredito que Deus nos deixou esses exemplos em registro para que nos sirva como exemplo de como, ou não agirmos diante de algumas situações.



Vemos em 1 Samuel 25:2;3 – “E havia um homem em Maom, que tinha as suas possessões em Carmelo; e era este homem muito poderoso, e tinha três mil ovelhas e mil cabras; e estava tosquiando as suas ovelhas no Carmelo.
E era o nome deste homem Nabal, e o nome de sua mulher Abigail; e era a mulher de bom entendimento e formosa; porém o homem era duro, e maligno nas obras, e era da casa de Calebe.”

Neste trecho bíblico vimos que o esposo primeiro é descrito por seus bens materiais e posteriormente por sua personalidade que é má, vemos também a descrição de sua esposa, onde, primeiro é exporta suas qualidades internas, bom entendimento/ sabia / inteligente, e depois sua qualidade física, formosa.

Acho incrível quando associam a beleza interior de uma mulher com a beleza exterior, afinal quem nunca se decepcionou ao ver uma pessoa que é linda, porém cheia de futilidade, rude, grosseira e vazia de qualquer tipo de informação.

Mas a grande lição desta passagem é que, apesar de seu esposo ser terrível Abgail era a pessoa que sempre estava pronta ajudar os outros e tomava a frente dos problemas relacionados ao seu lar, sem jamais manchar a honra de seu esposo e de seu lar, como podemos ver versículos a frente.

Houve até um momento em que soldados queriam matar seu esposo, porém ela com toda sua sabedoria tomou a frente da situação e foi em defesa de seu esposo, atitude louvável por parte dela, pois apesar de tudo o que ele era, ela defendeu sua família, atitude que hoje em dia seria vista como se a mulher fosse uma “mandada”.

O que podemos aprender com Abgail é que independente de seu esposo não ser um bom homem, ou agir de forma errônea, não podemos nos tornar como ele e ser uma mulher amarga e má.

As vezes parece mais fácil desistir, mas se foi ele quem você escolheu para casar-se seu dever como esposa é honra-lo e respeita-lo até o fim, pois em algum momento ele irá reconhecer seu real valor e poderá até mudar, pois se você escolheu se casar com ele é porque ele tem algo de bom, que você deve reencontrar.

Isso não é ser burra, pelo contrário, isso é sinal de sabedoria. Então ore para que você seja uma mulher sabia, para que seu lar seja edificado todos os dias através da sua vida.

#YouTube - Folia ou Família?

Oieee!

Depois de uma semana do carnaval, lá vem eu com esse assunto novamente, rs.

Sei que já até parece um assunto ultrapassado, mas acredito que esse seja o momento mais adequado para falar sobre o assunto, visto que a adrenalina do carnaval já baixou e alguns podem estar reavaliando algumas atitudes.


Deixem nos comentários o que acharam e para quem ainda não é inscrito no meu canal, inscreva-se, para receber todas as novidades!

Um beijo!

#SobreCozinha - Quando o Bolo fica Solado!

Oiee!

Confesso que não sou nenhuma confeiteira de mãos cheia, mas quando estou inspirada a fazer um bolo me saio bem.

Esse fim de semana me deu uma vontade louca de comer bolo de banana, não exitei e mais uma vez fui me aventurar na cozinha. Procurei varias receitas pela internet, comparei e todas eram muito parecidas, entretanto percebi que em nenhuma delas se colocava a banana para bater junto com a massa.

Eu queria revolucionar a receita de bolo de banana e me atrevi a bater uma banana junto a massa, e no meio do caminho, antes de incluir o fermento o liquidificador parou! Era para eu ter parado a receita por ai, mas teimosa como sou prossegui com a força do meu próprio braço.

Em seguida fui fazer o caramelo, pela primeira vez na vida, e ao invés de primeiro derreter o açúcar para depois incluir a água  morna, fiz o processo inverso e é claro que não deu certo, virou uma água com açúcar.

Já impaciente decidi assar a massa sem caramelo mesmo, afinal eu estava com muita vontade de bolo, enquanto o bolo assava fui gravar uns videos e quando por fim deu o horário eu fui e furei o bolo para verificar se já estava bom e parecia ótimo, deixei esfriando no forno mesmo.

Parecia tudo perfeito até o momento em que eu fui cortar o bolo para enfim come-lo, sim gente ele estava solado, agora a pergunta que não queria calar era o motivo do mesmo ter ficado daquela forma.

(foto do google)

Existem vários fatores que podem ter influenciado nesse resultado, e vou cita-los, mas o que eu aprendi foi que seguir a receita é necessario, pois se hoje existe uma receita é porque varias pessoas tentaram de varias formas diferentes, mas esta foi a forma que deu certo.

Não que você tenha que ser limitado, você pode até tentar fazer de outra forma, mas se prepare para o que pode dar de errado.

Os motivos que podem levar um bolo a ficar solado são:

- Fermento vencido ou em pouca quantidade;

- Líquido em excesso ou ovos em falta;

- Pouca massa para uma fôrma grande;

- Mistura muito batida após inclusão da farinha; ou

- Excesso de farinha.

Bom gente por hoje é isso, espero que tenham gostado, beijos e lembrem-se, sem desleixo na cozinha!