A Pressão para ser a Esposa Perfeita




Na época da minha avó as mulheres mal tinham o direito de trabalhar fora, pois para serem consideradas boas esposas elas deviam ser boas donas de casa. Independente de seu esposo ser um irresponsável dentro do lar, ao ponto de os filhos e a esposa mal se alimentarem e viverem de restos, e quando digo restos, me refiro também a restos de afeto, apesar disso a mulher devia ser uma boa esposa, dona de casa e mãe exemplar para ser "bem vista pela sociedade.

Já na época dos meus pais, algumas coisas mudaram e até, de certa forma, evoluíram. As mulheres já podiam trabalhar e ter poder aquisitivo, porém para serem consideradas boas esposas seguia o padrão da casa impecável e tinha que transmitir a imagem da mulher incansável, aquela que esta sempre disponível para seu esposo e filhos, e ainda dá conta dos deveres de casa sozinha.

Atualmente, houve não só a evolução tecnológica, mas a evolução das exigências para a tal “Esposa Perfeita”, cujo os requisitos são: inteligente, com boa formação acadêmica, bom emprego, não se sentir melhor que o homem, bonita, fitness, agradável e bem humorada o tempo todo, cuidadora do lar, cuidadora do esposo e se possível bilíngue. Oi?!



Isso me fez pensar no quanto a sociedade nos impõe padrões. São tantas exigências sociais que existem momentos em que isso só nos faz se sentir inferiores e nos leva até a errar por tanto tentar acertar. Queremos ser tantas coisas para, na maioria das vezes, mostrar algo que no fundo nem nos faz feliz de verdade, imagina se faria de fato feliz a pessoa que está ao nosso lado.

Em todas as épocas citadas, incluindo a nossa, houverem mulheres que seguiram a risca o que era imposto pelos outros, mas que mesmo mostrando ser esposas perfeitas eram mulheres infelizes e até mal-amadas.

Isso só me faz chegar a uma conclusão, a conclusão de que os homens não são todos iguais, e as mulheres também não são. Nem sempre o que a TV mostra ou a sociedade quer impor para a sua vida e relacionamento é o que de fato nos fara feliz ou fará o nosso casamento feliz. O que os homens querem são mulheres de verdade, com personalidade e opinião própria. 

Então não se martirize por não ser o que você vê nas vitrines ou ‘time lines’ das redes sociais, pois aquilo é só um momento e pode ser um dos poucos felizes daquela pessoa, eu ainda fico com a musica da Pitty "Seja você, mesmo que seja estranho, seja você!". Seja a esposa perfeita para o seu casamento, não para o casamento que a sociedade desenhou como perfeito.


16 comentários:

  1. Amei o texto, eu ainda não sou casada, mas fico imaginando como não deve ser fácil. São tantas tarefas!
    www.achatadebatom.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, não é difícil, nós é quem acabamos complicando mesmo..rs

      Beijo'

      Excluir
  2. Que texto maravilhoso! Essa "pressão" da sociedade em que a mulher deve ser incansável nunca terá fim. Vejo a minha quando chega do trabalho super cansada mas que ainda varre a casa, lava roupa, lava banheiro e nunca para.
    Eu não consigo ser assim, ainda bem. Prefiro chegar em casa e descansar do que ficar me matando para deixar a casa impecável. Nem gosto de receber visitas dia de semana para ninguém achar que sou desleixada. Péssimo pensamento né! E acho que os maridos devem ajudar a suas esposas sim!
    Bom, desculpe pelo comentário gigante! Amei o texto mesmo!
    Beijos, Aline
    http://versoaleatorio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, adorei a participação. Concordo que nosso esposo deve nos ajudar. E não querer receber visita durante a semana, "toca aqui, estamos juntas!" hahahaha

      Um beijo'

      Excluir
  3. Amei o post, Grazzi! Concordo em número, gênero e grau!

    Beijinhos

    www.tititietrelele.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa sociedade está muito chata e cheia de mimimi. Prefiro nem opinar em alguns assuntos nas timelines da vida pra não me cansar! rs...
    Vamos viver nossa vida e deixar os outros viverem as deles, né?
    Bora ser feliz à nossa maneira! =)

    Beijos!!!!
    Gábi

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvidas sofremos muita pressão para ser a mulher e esposa perfeita, adorei o texto e super concordo com seu ponto de vista
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  6. Super verdade, não existe um tipo de padrão, você é quem faz o seu, cada um é diferente e temos que nos orgulhar disso, adorei o blog , beijos
    http://geoaraujoand.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que o padrão certo é o seu. Assim como para mim, é o meu e assim sucessivamente.
    Gostei bastante do texto e do seu ponto de vista!

    bjO e tenha um ótimo fim de semana!

    Blog Breshopping da Dany
    SORTEIOS Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
  8. Texto incrível Graci!
    Não exitem pessoas perfeitas e é muito bom quando estamos em um relacionamento em que isso não é motivo para brigas. :)

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto, ele fala exatamente o que penso! Não existe isso de esposa perfeita e não devemos nos matar para ficar dentro de um padrão imposto pela sociedade.
    Acredito que devemos ser nós mesmas e que o nosso namorado/noivo/marido deve gostar disso e nada mais.

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, sucesso. Já estou seguindo seu blog, te conheci no CBBlogers.
    Te convido a conhecer meu blog e se gostar me segue :)
    Beijos.
    http://www.estilosaevaidosa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Que texto! Realmente, a pressão sobre a mulher é em diversos pontos. Não concordo com muitas coisas e é bem difícil para nós mulheres termos tanta responsabilidade e tanta pressão.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  12. A pressão só muda de forma, mas está sempre ali :/ isso é algo que precisamos enfrentar juntos e ter o bom senso que você disse: não se comparar ao conceito de mulher perfeita que vemos por aí. Outro ponto importante é sempre lembrar de não julgar as outras mulheres pelas atitudes que fazem, afinal, também não queremos ser julgadas. Sororidade :) Seu post está lindo e inspirador. Parabéns! Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...